cpa 2020-04-18T11:11:02+00:00

Comissão Própria de Avaliação

A comissão Própria de Avaliação da Faculdade Princesa do Oeste (CPA/FPO) realiza, semestralmente, o processo de autoavaliação, com base nos princípios do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), tendo como principal objetivo a identificação das potencialidades e fragilidades do ensino e a comunicação com a Comunidade Acadêmica.

Conheça a CPA

A Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2004, instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), que preconiza que toda Instituição de Ensino Superior, pública ou privada, constituirá uma Comissão Própria de Avaliação (CPA), responsável pela autoavaliação da Instituição considerando, obrigatoriamente, os cinco eixos, que são:

• Eixo 1 – Planejamento e Avaliação Institucional
• Eixo 2 – Desenvolvimento Institucional
• Eixo 3 – Políticas Acadêmicas
• Eixo 4 – Políticas de Gestão
• Eixo 5 – Infraestrutura

Assim, a Comissão Própria de Avaliação da Faculdade Princesa do Oeste (CPA/FPO) realiza o processo de autoavaliação, com base nos princípios do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). O objetivo da autoavaliação é identificar as condições do Ensino, da Pesquisa, da Extensão e da Gestão, suas potencialidades e fragilidades. Os resultados do processo de autoavaliação, consolidados em um relatório, representam importante subsídio para que a instituição execute ações para corrigir as fragilidades e manter as potencialidades identificadas, com vistas à melhoria da sua qualidade.

A CPA da FPO é constituída por cinco membros eleitos diretamente por seus pares, representantes dos segmentos da Comunidade Acadêmica e da Sociedade Civil organizada, de acordo com o Regimento da CPA/FPO, aprovado por meio da Portaria nº. 07/2017 da Diretoria Geral. São membros elegíveis a CPA.
1 – um representante do corpo Técnico-Administrativo;
2 – um representante dos Coordenadores de Cursos;
3 – Um representante do Corpo Docente;
4 – um representante do Corpo Discente;
5 – um representante da Sociedade Civil que pertença algum sindicato.

Aperfeiçoamento do Portal Acadêmico dos Discentes e Docentes; Qualificação do Corpo Docente;
Aquisição da Biblioteca Virtual; Ampliação da Biblioteca em 2015/2016;
Implantação de novo Sistema de Gerenciamento Acadêmico; Atualização do site institucional;
Melhorias da acessibilidade na Instituição; Otimização das salas de aula;
Ampliação dos laboratórios de Enfermagem; Criação de espaço específico para estudos individuais e em grupo;
Disponibilização para consulta e renovação de empréstimos do acervo bibliográfico; Implantação do RIA Card;
Mudança da identidade visual da Faculdade; Reformulação do cardápio;
Sistema de segurança interno e externo; Melhoria da infraestrutura.
Realizações de eventos sociais;

Conheça a CPA

A Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2004, instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), que preconiza que toda Instituição de Ensino Superior, pública ou privada, constituirá uma Comissão Própria de Avaliação (CPA), responsável pela autoavaliação da Instituição considerando, obrigatoriamente, os cinco eixos, que são:

• Eixo 1 – Planejamento e Avaliação Institucional
• Eixo 2 – Desenvolvimento Institucional
• Eixo 3 – Políticas Acadêmicas
• Eixo 4 – Políticas de Gestão
• Eixo 5 – Infraestrutura

Assim, a Comissão Própria de Avaliação da Faculdade Princesa do Oeste (CPA/FPO) realiza o processo de autoavaliação, com base nos princípios do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). O objetivo da autoavaliação é identificar as condições do Ensino, da Pesquisa, da Extensão e da Gestão, suas potencialidades e fragilidades. Os resultados do processo de autoavaliação, consolidados em um relatório, representam importante subsídio para que a instituição execute ações para corrigir as fragilidades e manter as potencialidades identificadas, com vistas à melhoria da sua qualidade.

A CPA da FPO é constituída por cinco membros eleitos diretamente por seus pares, representantes dos segmentos da Comunidade Acadêmica e da Sociedade Civil organizada, de acordo com o Regimento da CPA/FPO, aprovado por meio da Portaria nº. 07/2017 da Diretoria Geral. São membros elegíveis a CPA.
1 – um representante do corpo Técnico-Administrativo;
2 – um representante dos Coordenadores de Cursos;
3 – Um representante do Corpo Docente;
4 – um representante do Corpo Discente;
5 – um representante da Sociedade Civil que pertença algum sindicato.

Aperfeiçoamento do Portal Acadêmico dos Discentes e Docentes; Qualificação do Corpo Docente;
Aquisição da Biblioteca Virtual; Ampliação da Biblioteca em 2015/2016;
Implantação de novo Sistema de Gerenciamento Acadêmico; Atualização do site institucional;
Melhorias da acessibilidade na Instituição; Otimização das salas de aula;
Ampliação dos laboratórios de Enfermagem; Criação de espaço específico para estudos individuais e em grupo;
Disponibilização para consulta e renovação de empréstimos do acervo bibliográfico; Implantação do RIA Card;
Mudança da identidade visual da Faculdade; Reformulação do cardápio;
Sistema de segurança interno e externo; Melhoria da infraestrutura.
Realizações de eventos sociais;

Membros da CPA

A CPA da FPO é constituída por cinco membros eleitos diretamente por seus pares, representantes dos segmentos da Comunidade Acadêmica e da Sociedade Civil organizada, de acordo com o Regimento da CPA/FPO, aprovado por meio da Portaria nº. 07/2017 da Diretoria Geral. São membros elegíveis a CPA.

Fca. Rafaela Vieira Barbosa

Representante do corpo Técnico-Administrativo

Flávia Alessandra Bezerra Furtado

Representante Docente

Keynes Resende Mota

Representante dos Coordenadores de Curso

Júlio César Neves de Medeiros

Representante Discente

Maria Dolores Vieira de Menezes Santos

Representante da Sociedade Civil

Fr.ca Rafaela Vieira Barbosa

Representante do corpo Técnico-Administrativo

Keynes Resende Mota

Representante dos Coordenadores de Curso

Flávia Alessandra Bezerra Furtado

Representante Docente

Júlio César Neves de Medeiros

Representante Discente

Maria Dolores Vieira de Menezes Santos

Representante da Sociedade Civil